noticias Seja bem vindo ao nosso site Rádio Brasil Cannabis!

Curiosidades

Agência Mundial antidoping mantém a cannabis como substância ilícita

Mesmo após a pressão para revisar as políticas sobre o uso da cannabis nos esportes, a WADA manteve a decisão da ilegalidade da cannabis. Entenda

Publicada em 24/09/22 às 15:44h - 21 visualizações

por Tainara Cavalcante


Compartilhe
Compartilhar a notícia Agência Mundial antidoping mantém a cannabis como substância ilícita  Compartilhar a notícia Agência Mundial antidoping mantém a cannabis como substância ilícita  Compartilhar a notícia Agência Mundial antidoping mantém a cannabis como substância ilícita

Link da Notícia:

Agência Mundial antidoping mantém a cannabis como substância ilícita
 (Foto: Getty Images)
Nesta sexta-feira (23) a WADA (Agência Mundial Antidoping) divulgou o resultado da revisão feita sobre substâncias ilícitas e manteve a cannabis ilegal.

A instituição se comprometeu a fazer uma revisão depois de um episódio envolvendo a atleta americana Sha’Carri Richardson. A corredora obteve a primeira vaga para  para os Jogos Olímpicos de Tóquio ao correr 100 metros em 10.86 segundos em 2021. 

Contudo, foi obrigada a ficar de fora das Olimpíadas depois que testou positivo para cannabis. 

A suspensão causou revolta e indignação de muita gente, o que pressionou a WADA a revisar o seu código. Mas parece que isso não adiantou muito.

Qual a justificativa?

Segundo a instituição, a cannabis “viola o espírito do esporte”, mas que vai continuar monitorando o tema. O diretor Olivier Nieggli ainda acrescentou que está ciente das percepções divergentes da cannabis pelos países, assim como suas legislações.

“Planejamos continuar a pesquisa nesta área em relação aos potenciais efeitos de melhoria de desempenho, impacto na saúde dos atletas e também em relação às percepções de cannabis pelos atletas e especialistas em todo o mundo”, concluiu. 

Mudanças até agora

Apesar da negativa, a WADA tem dado passos importantes em relação à cannabis. O período de suspensão dos atletas, por exemplo, já foi reduzido de dois anos para um a três meses.

Os Jogos Olímpicos de 2018 também fizeram história com a primeira competição em que o CBD (canabidiol) foi permitido. Trata-se da principal substância da cannabis bastante usada em medicamentos. 

O problema, segundo a instituição, é que a cannabis é proibida em boa parte do planeta. Em países como Reino Unido, por exemplo, ser pego com a erva pode render até cinco anos de prisão. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 84998797676

Visitas: 1127336
Usuários Online: 2
Copyright (c) 2022 - Rádio Brasil Cannabis - O IBCA está enquadrada no âmbito das políticas e práticas de Redução de Danos e dentro do direito fundamental e preceito constitucional da liberdade de expressão
Converse conosco pelo Whatsapp!