Curiosidades

Cannabis, meio ambiente e humanos.

Publicada em 02/11/21 às 20:18h - 96 visualizações

por CANNABIS WORLD JOURNALS


Compartilhe
Compartilhar a notícia Cannabis, meio ambiente e humanos.  Compartilhar a notícia Cannabis, meio ambiente e humanos.  Compartilhar a notícia Cannabis, meio ambiente e humanos.

Link da Notícia:

Cannabis, meio ambiente e humanos.
 (Foto: CANNABIS WORLD JOURNALS )

O meio ambiente sempre desempenhou um papel importante na evolução humana, fornecendo-nos os elementos e materiais para construir grandes cidades, indústrias e continentes. No entanto, as principais questões de sustentabilidade em que pensamos são os combustíveis fósseis, desmatamento, agricultura e aterros sanitários. Mas pode estar faltando alguma coisa.

A demanda por cannabis, água, solo, iluminação artificial e embalagens descartáveis pode deixar uma grande pegada ambiental se não for feita com cuidado. Porém, sua contribuição econômica, social e de versatilidade pode de alguma forma reduzir o impacto e contribuir para a construção de uma sociedade sustentável.

Muitos são os materiais que podem ser extraídos de uma planta de cannabis e que podem substituir aqueles que normalmente usamos, desde plástico, roupas, tecidos, papel e até combustível. Esta nova era da cannabis está cada vez mais próxima

As indústrias começam a enxergar a rentabilidade da planta além do uso medicinal, investindo e criando novas estratégias para promover seu uso, criando novos empregos e possibilidades. No entanto, este ano tem sido difícil para o setor, principalmente no cultivo.

Uma luta natural

Nos últimos meses, as mudanças climáticas têm sido desafiadoras, desde incêndios florestais a secas e furacões; em outras palavras, um clima mais extremo que coloca problemas para as empresas de cannabis.

Ninguém é mais afetado por essas mudanças do que os produtores Dependendo de onde o hectare cultivado está localizado, o desafio apresentado pelas mudanças climáticas é diferente; visto que não há um único país e que não esteja atualmente em constante mudança. Esse é o caso nos Estados Unidos, onde os produtores de plantações ao ar livre no oeste do país, incluindo os estados da Califórnia, Oregon e Washington, estão enfrentando uma das mais longas temporadas de incêndios florestais. No sudeste, os mercados com operações regulamentadas de cannabis, como Flórida e Louisiana, precisam se preparar para os crescentes furacões e as enchentes que frequentemente os acompanham.

Para se preparar para esses problemas, algumas empresas desenvolveram um plano de preparação para emergências detalhado e multifásico para lidar com todos os três desafios potenciais de desastres, incluindo:

Procedimentos de desligamento prétempestade, procedimentos de reentrada pós-tempestade, início de reentrada e equipes de resposta de emergência para conduzir uma inspeção ponto a ponto das instalações para determinar os danos.

Embora grande parte do oeste esteja enfrentando condições de seca este ano, alguns produtores estão procurando maneiras de reduzir o uso de água e tornar suas operações o mais eficientes possível, a fim de ter líquido suficiente no armazenamento até o final da temporada. Embora a previsão se mostre complicada, os planos de expansão e crescimento da indústria estão ficando mais claros, um exemplo disso é a constante criação de novos negócios e pesquisas em torno da cannabis.

Fonte:  CANNABIS WORLD JOURNALS | EDIÇÃO No. 8 | Data: 02/11/2021.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 84998797676

Visitas: 112900
Usuários Online: 6
Copyright (c) 2022 - Rádio Brasil Cannabis - O IBCA está enquadrada no âmbito das políticas e práticas de Redução de Danos e dentro do direito fundamental e preceito constitucional da liberdade de expressão